sexta-feira, novembro 25, 2005

Goodbye, "The" Best


O mundo do futebol ficou mais pobre. O ex-futebolista, internacional irlandês e figura de proa do Manchester United, na década de 60, faleceu aos 59 anos, vítima de doença prolongada, devido ao excesso de consumo de álcool. Recorde-se que Best abandonou a carreira futebolística, aos 26 anos, numa altura em que era considerado um dos maiores jogadores da altura a par de Pélé, e foi sempre polémico e marcado pelos excessos. Morre assim mais uma lenda dos relvados.

“Em 1969 desisti das mulheres e do álcool. Foram os piores 20 minutos da minha vida”.
George Best